Crianças e Coronavírus: A importância do diálogo entre pais e escola




Com a chegada do novo coronavírus, as pessoas em todo o mundo fizeram mudanças necessárias em suas rotinas. Repentinamente, nos deparamos com esse cenário, em que muitas famílias transformaram suas casas em escritórios em salas de aula.


Após 4 meses de portas fechadas, escolas por todo o país planejam a sua reabertura. Algumas estratégias estão sendo montadas pelos órgãos competentes, como, por exemplo, a retomada das aulas de forma gradual, adotando o sistema de rodízio.


Sabemos que ainda vivemos em uma situação de pandemia e, enviar os filhos para a escola, desperta muitos medos e insegurança nos pais. Trata-se de um momento completamente novo, em que dúvidas surgem, e muitas delas só receberão respostas quando vivenciarmos essa retomada. Por isso, é necessário a compreensão de ambas as partes (escola/família), para que juntos possamos obter sucesso nessa adaptação. As autoridades externam o entendimento de que, dentro do plano de reabertura, algumas medidas serão tarefas árduas para as crianças. Segunda Rita Oliveira (pedagoga e mestre em Educação e Currículo pela PUC-SP), quanto a primeira infância, a principal função da escola é a socialização, por isso, a relação com os colegas se faz tão importante, mas isso não significa que estratégias de segurança não possam ser tomadas, tanto por parte da instituição, quanto dos pais.


O momento traz a consciência coletiva através das orientações firmes e ativas dos professores, funcionários e familiares (em casa), sobre a lavagem das mãos e o uso correto de máscara, que são medidas preventivas de higienização.


A pediatra Dra. Flávia de Oliveira (Sociedade Brasileira de Pediatria) ressalta que, a escola, mesmo antes da pandemia, nunca foi um ambiente isento de riscos, porém, se adotarmos os hábitos de higienização, a chance de transmissão do vírus é baixa, principalmente se as crianças estiverem saudáveis ou assintomáticas. Ela aponta como possibilidade plausível, a redução do número de alunos em cada turma, como já previsto no plano de ação do estado de São Paulo, de forma que, os pequenos realizem atividades entre si e com professores, diminuindo a chance de transmissão da doença dentro da escola.


É necessário que pais e profissionais da educação sejam bem informados pelas instituições educacionais, sobre os sinais e sintomas da COVID-19. Desta forma, pais que identificarem sintomas do vírus na criança, não a levem doente para a escola.


Algo que não pode ser negligenciado é o cuidado com o emocional da criança, por isso, a volta às aulas deverá ser regida por espaços de acolhimento e empatia. Enquanto as aulas presenciais não retornam, a escola poderá divulgar aos pais seu protocolo de retomada das aulas, assim como, as medidas preventivas que estão sendo implementadas.


Quanto ao nosso colégio, já estamos trazendo informações a respeito deste assunto em nossos canais de comunicação, acompanhe as nossas redes sociais!





22 visualizações
Centro Educacional Cristão Antenor Thomazi

COLÉGIO CRISTÃO ANTENOR THOMAZI - Educação Básica

contato@athomazi.com.br

Tel: 15 3243-2299 | 3247-2084

Whatsapp: 15 98118-0048

BETTER - Cursos

Profissionalizantes

contato@bettercursos.com.br

Tel: 15 3019-7926

Whatsapp: 15 99675-4421

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Segunda - Sexta: das 7h -18h

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Segunda - Sexta: 8h - 21h

Sábado: das 8h - 17h

Copyright ©2017 direitos reservados. Desenvolvido por BUL COMUNICAÇÃO.

REDES SOCIAIS

  • Facebook CECAT
  • Instagram CECAT
  • YouTube CECAT

ENDEREÇO

Av. São João, 647 - Jd. Icatu - Votorantim / SP